Casos de Sucesso: Iluminação

Shopping Oiapoque

Redução de Demanda (kW)

HP: 0      HFP: 0

Redução de Energia (kWh)

HP: 0      HFP: 2.196.600

Economia R$ 1.526.786,73

Casos de Sucesso: Iluminação

Hospital Felício Rocho

Redução de Demanda (kW)

HP: 54      HFP: 80

Redução de Energia (kWh)

HP: 269.847      HFP: 2.249.971

Economia R$ 1.499.896,57

Casos de Sucesso: Iluminação

AeC Contact Center

Redução de Demanda (kW)

HP: 13      HFP: 13

Redução de Energia (kWh)

HP: 64.773      HFP: 883.476

Economia R$ 438.915,99

Casos de Sucesso: Ar Condicionado

Hospital Felício Rocho

Redução de Demanda (kW)

HP: 52      HFP: 59

Redução de Energia (kWh)

HP: 162.446      HFP: 1.166.477

Economia R$ 858.926,59

Use 23°C e economize energia

Faça bom uso do seu aparelho e divulgue esta ideia.

A maioria das pessoas acredita que utilizando o condicionador de ar configurado para atingir uma temperatura mais baixa irá acelerar o processo de condicionamento do ar. Na verdade, o equipamento não terá sua capacidade aumentada. Pior que isso, irá consumir mais energia e, certamente, aumentar o valor mensal da conta de luz.

Porém, com as altas temperaturas previstas para os próximos dias, é impossível não considerar o uso do ar-condicionado para gerar mais conforto. Uma dica é, ao invés de ajustar a temperatura para 17°C, o usuário ajustar para 23°C. Dessa forma, a economia de energia pode atingir 50%. Esta redução se deve primeiramente por diminuir a diferença de temperatura entre o ambiente interno e o ambiente externo, reduzindo a carga térmica e, por consequência, fazendo com que o condicionador de ar trabalhe menos.

Em segundo lugar, aumenta a diferença de temperatura de troca entre o fluido refrigerante e o ar da sala. Isto faz com que a quantidade de calor trocado aumente. Caso continue desconfiando dos meus argumentos, proponho que faça o seguinte teste: antes de usar o seu condicionador de ar para dormir, anote o valor de kWh registrado no seu contador de energia. No dia seguinte, veja quanto foi consumido. Faça isto dois dias seguidos, em um programe para 17°C e, no outro, 23°C. Assim, poderá confirmar que a diferença é de fato gritante.

Em uma simulação de um quarto de 12 metros quadrados, no Rio de Janeiro, ao ajustar o ar-condicionado para 23°C, a economia na conta de luz ao longo de um ano de utilização seria de 45%. Considerando um ano típico, ou seja, com temperatura padrão para a cidade e utilização à noite.

Além de economizar energia, a Organização Mundial da Saúde (OMS) e a NBR 16401 recomendam que ao longo do dia, no verão, o ideal é deixar a temperatura entre 23 e 26oC, assim o ambiente ficará termicamente confortável. E, no inverno, entre 21 e 24oC.

Faça bom uso do seu aparelho e divulgue esta ideia, ajude outras pessoas a conservar energia e economizar dinheiro!

* Felipe Brochier, Engenheiro de sistemas da Midea Carrier

Fonte: Alfapress Comunicações

Fonte: O Debate – Portal de Noticias