Casos de Sucesso: Ar Condicionado

Hospital Felício Rocho

Redução de Demanda (kW)

HP: 52      HFP: 59

Redução de Energia (kWh)

HP: 179.138      HFP: 1.286.333

Economia R$ 812.903,22

Casos de Sucesso: Iluminação

Hospital Felício Rocho

Redução de Demanda (kW)

HP: 54      HFP: 80

Redução de Energia (kWh)

HP: 291.699      HFP: 2.432.177

Economia R$ 1.396.924,92

Casos de Sucesso: Iluminação

Shopping Oiapoque

Redução de Demanda (kW)

HP: 0      HFP: 0

Redução de Energia (kWh)

HP: 0      HFP: 2.315.400

Economia R$ 1.890.727,53

Casos de Sucesso: Iluminação

AeC Contact Center

Redução de Demanda (kW)

HP: 13      HFP: 13

Redução de Energia (kWh)

HP: 70.522      HFP: 961.884

Economia R$ 552.735,05

Os ganhos de produtividade e de eficiência na tarifa de energia elétrica

Sem a modernização da ancestral estrutura elétrica não há modernização.

Os dados financeiros do setor elétrico- tanto os referentes à indústria como um todo, quanto aos de algumas empresas- não devem ser animadores para a sociedade. Sem resultados favoráveis não há estimulo à implantação de tecnologias que tragam eficiência ao setor.

A tarifa atual de energia elétrica procura avaliar os ganhos de produtividade do setor e ainda não trazem estímulos a uma indústria que implante tecnologias eficientes. Sem retornos adequados a modernização do setor não ocorre.

A atualização do setor ocorre com a implantação da Rede Elétrica Inteligente. Ela é o resultado da soma da infraestrutura elétrica tradicional com os elementos da telecomunicação. Significa integrar as tecnologias digitais de telecomunicação à rede elétrica.

O objetivo é juntar os consumidores de energia às distribuidoras do serviço de infraestrutura e oferecer serviços que uma planta com grande capilaridade- a rede de distribuição de energia elétrica- pode oferecer à sociedade.

Busca-se oferecer serviços diversos como segurança, melhoria do trafego urbano, serviços associados à mobilidade de ônibus e veículos particulares etc., com grande qualidade, de maneira eficiente à população.

Sem retornos adequados não há atualização do setor elétrico. Sem a modernização da ancestral estrutura elétrica não há modernização. A rede elétrica permanece sem promover maiores benefícios para a sociedade.

Não há evolução do mercado para uma estrutura que busque a eficiência.

* Agostinho Celso Pascalicchio é professor de economia, economia da energia e engenharia econômica/finanças.

Fonte: Assessoria de imprensa: Ricardo Viveiros & Associados – Oficina de Comunicação

Fonte: O Debate – Portal de Noticias