Casos de Sucesso: Iluminação

AeC Contact Center

Redução de Demanda (kW)

HP: 13      HFP: 13

Redução de Energia (kWh)

HP: 64.773      HFP: 883.476

Economia R$ 438.915,99

Casos de Sucesso: Iluminação

Shopping Oiapoque

Redução de Demanda (kW)

HP: 0      HFP: 0

Redução de Energia (kWh)

HP: 0      HFP: 2.196.600

Economia R$ 1.526.786,73

Casos de Sucesso: Ar Condicionado

Hospital Felício Rocho

Redução de Demanda (kW)

HP: 52      HFP: 59

Redução de Energia (kWh)

HP: 162.446      HFP: 1.166.477

Economia R$ 858.926,59

Casos de Sucesso: Iluminação

Hospital Felício Rocho

Redução de Demanda (kW)

HP: 54      HFP: 80

Redução de Energia (kWh)

HP: 269.847      HFP: 2.249.971

Economia R$ 1.499.896,57

ONG quer implantar bicitáxi movida a energia solar

Australiano pretende trazer a ideia para o Brasil para evitar o trânsito no Rio de Janeiro.

Cada vez mais o trânsito nas cidades se torna caótico e impacta diretamente no dia-a-dia dos cidadãos. O australiano Michael Linke, fundador da ONG Bicycling Empowerment Network, teve a ideia de trazer a bicicleta movida a energia solar em forma de táxi.

Além de ter uma cabine que protege o ciclista e o passageiro do sol e da chuva, a bicitáxi possui uma placa de energia solar que garante o reabastecimento de seu motor elétrico, que gera potência para atingir até 30 km/h. Ela também como uma bicicleta convencional para quem gosta de pedalar.

O protótipo é produzido em Xangai, na China, a um custo de aproximadamente R$ 40 mil. Atualmente, é o único meio de transporte utilizado por Michael, que vive no Rio desde 2012. A ONG do australiano coleta e exporta bicicletas de segunda mão para serem usadas por voluntários na África.

A bicitáxi já está sendo utilizada desde o começo do ano no Nepal. A frota de lá, no entanto, é uma espécie de modelo econômico da original, feita com aço a um custo de US 1.500.

Michael defende que a bicicleta táxi é uma alternativa sustentável de mobilidade, capaz de gerar emprego para jovens de baixa renda, que, segundos seus cálculos, poderão ganhar até R$ 200 por dia como ciclotaxistas.

Fonte: O Debate