Casos de Sucesso: Ar Condicionado

Hospital Felício Rocho

Redução de Demanda (kW)

HP: 52      HFP: 59

Redução de Energia (kWh)

HP: 162.446      HFP: 1.166.477

Economia R$ 858.926,59

Casos de Sucesso: Iluminação

AeC Contact Center

Redução de Demanda (kW)

HP: 13      HFP: 13

Redução de Energia (kWh)

HP: 64.773      HFP: 883.476

Economia R$ 438.915,99

Casos de Sucesso: Iluminação

Shopping Oiapoque

Redução de Demanda (kW)

HP: 0      HFP: 0

Redução de Energia (kWh)

HP: 0      HFP: 2.196.600

Economia R$ 1.526.786,73

Casos de Sucesso: Iluminação

Hospital Felício Rocho

Redução de Demanda (kW)

HP: 54      HFP: 80

Redução de Energia (kWh)

HP: 269.847      HFP: 2.249.971

Economia R$ 1.499.896,57

Energias renováveis estimulam economia

Estudo mostra que número de pessoas empregadas no setor de energia renovável cresceu 5% em 2015.

Pesquisa da Agência Internacional de Energias Renováveis (Irena) revela que número de pessoas empregadas no setor de energia renovável chegou a 8,1 milhões em 2015, representando um crescimento de 5%. Deste total, 2,8 milhões trabalham com energia solar.

A maioria dos empregados pelo setor de energia solar trabalha em operação e manutenção. Os estudos também mostram que os países maiores empregadores são a China, Brasil e Índia.

No Brasil, da área de energia renovável, a bioenergia e grandes hidrelétricas são as que mais empregam, o setor eólico também passa a empregar mais devido ao aumento nas instalações e manufatura nacional.

O setor fotovoltaico também apresenta potencial, uma vez que as instalações crescem e a capacidade planejada para 2018 é de 3,3 GW. No mundo, as instalações de energia solar tiveram crescimento de 20% em 2015, com a liderança da China, Japão e Estados Unidos.

Fonte: O Debate