Casos de Sucesso: Iluminação

Shopping Oiapoque

Redução de Demanda (kW)

HP: 0      HFP: 0

Redução de Energia (kWh)

HP: 0      HFP: 2.196.600

Economia R$ 1.526.786,73

Casos de Sucesso: Ar Condicionado

Hospital Felício Rocho

Redução de Demanda (kW)

HP: 52      HFP: 59

Redução de Energia (kWh)

HP: 162.446      HFP: 1.166.477

Economia R$ 858.926,59

Casos de Sucesso: Iluminação

Hospital Felício Rocho

Redução de Demanda (kW)

HP: 54      HFP: 80

Redução de Energia (kWh)

HP: 269.847      HFP: 2.249.971

Economia R$ 1.499.896,57

Casos de Sucesso: Iluminação

AeC Contact Center

Redução de Demanda (kW)

HP: 13      HFP: 13

Redução de Energia (kWh)

HP: 64.773      HFP: 883.476

Economia R$ 438.915,99

Eficientização energética avança, apesar da crise

Setor de serviços é o que mais buscou retrofit de iluminação em 2015.

Apesar do PIB negativo, o setor de eficientização energética fecha 2015 com crescimento real. Segundo Ricardo Cricci, executivo da Celena, “a geração de oportunidades de negócios subiu quatro vezes mais em 2015”. O elevado custo da energia elétrica foi o fator desencadeante, que combinado com o baixo desempenho da economia, tem favorecido iniciativas que levam a redução das despesas, como o retrofit de iluminação pelo LED.

Com uma média de retorno de investimento que varia de 10 a 12 meses, a doção do LED tem sido a solução imediata para gestão financeira.

Na opinião do executivo, esta vantagem poderia ser ainda maior se o governo adotasse uma política de incentivo para o setor de iluminação.
Os especialistas da área são unânimes em afirmar que é mais barato investir em eficientização do que em geração de energia. Logo, uma política de favorecimento tributário para o LED, por exemplo, contribuiria para reduzir a demanda por energia, num período em que a oferta ainda encontra-se em níveis críticos.

O setor prevê que a tendência favorável ao LED deva se manter em 2016, não só devido aos preços elevados das tarifas de energia que devem perdurar, como pelas obras iniciadas em 2015 e que devem ser entregues neste ano.

Fonte: Vértice Comunicação

Fonte: O Debate – Portal de Noticias