Casos de Sucesso: Iluminação

AeC Contact Center

Redução de Demanda (kW)

HP: 13      HFP: 13

Redução de Energia (kWh)

HP: 51.795      HFP: 706.464

Economia R$ 350.975,41

Casos de Sucesso: Ar Condicionado

Hospital Felício Rocho

Redução de Demanda (kW)

HP: 52      HFP: 59

Redução de Energia (kWh)

HP: 124.764      HFP: 895.893

Economia R$ 659.684,14

Casos de Sucesso: Iluminação

Hospital Felício Rocho

Redução de Demanda (kW)

HP: 54      HFP: 80

Redução de Energia (kWh)

HP: 220.513      HFP: 1.838.626

Economia R$ 1.225.682,35

Casos de Sucesso: Iluminação

Shopping Oiapoque

Redução de Demanda (kW)

HP: 0      HFP: 0

Redução de Energia (kWh)

HP: 0      HFP: 1.928.400

Economia R$ 1.340.369,45

Shopping Oiapoque

O Shopping Oiapoque, um dos maiores centros de comércio popular de Belo Horizonte, adotou projeto de eficientização energética e entrou para o hall das empresas sustentáveis.

Texto: Ana Paula Morais – 16/02/2009

Shopping_OIO Shopping Oi, como é conhecido, passou recentemente por reformas para reduzir o desperdício de energia. As modificações tiveram respaldo num diagnóstico energético e as ações foram realizadas de acordo com um projeto luminotécnico.

A economia está atingindo 53% da conta de energia elétrica. Com 900 lojas e o aumento do número de consumidores o suprimento de energia do shopping não estava atendendo aos lojistas. Havia queda de energia várias vezes ao dia e, com a proximidade do Natal, quando o número de clientes chegaria a 70 mil pessoas por dia, a administração resolveu melhorar a qualidade da instalação. A primeira solução pensada foi a construção de uma subestação subterrânea exclusiva, que foi inviabilizada pelo alto custo de implantação.

A solução veio por meio da parceria entre o shopping, as empresas Eficiência Máxima Consultoria e a Itaim Iluminação. Segundo o diretor administrativo do shopping, Marcílio Nogueira Rocha, a proposta era melhorar a qualidade do fornecimento apenas substituindo alguns equipamentos. “Ficamos interessados na proposta da Eficiência Máxima e Itaim por atender às nossas necessidades de prazo, custo e qualidade. Não pensamos duas vezes em entrar nesse empreendimento”, afirma.

Parceria para dar certo

A parceria reuniu a Eficiência Máxima, consultoria especializada em soluções energéticas, a Itaim Iluminação, fornecedora de sistemas de iluminação de alto rendimento e o Shopping OI com a determinação de melhorar a qualidade em sua instalação. O projeto eliminou a necessidade da construção de uma subestação apenas com a substituição de equipamentos de iluminação e ventilação.

Segundo o consultor da Eficiência Máxima, Sinval Lins Silva, as oportunidades de ganhos energéticos foram detectadas no diagnóstico, que identificou que os equipamentos utilizados tinham tecnologia obsoleta e desperdiçavam demais. “Ao substituir esses equipamentos, por outros mais modernos e eficientes, os ganhos energéticos foram excelentes. É importante pensar no conforto ambiental dos usuários do local e dos próprios lojistas. Esses são os ingredientes de um estudo de eficiência energética de sucesso”, ressalta Sinval. O projeto trocou os equipamentos de iluminação dos corredores, lojas e áreas comuns do shopping. Ao todo foram substituídas 1600 lâmpadas, sendo que 500 estão localizadas nos corredores e as demais nas lojas. O novo sistema possui luminárias espelhadas de alto rendimento, lâmpadas de 14 e 28 Watts e reatores de baixa perda.

O mais interessante neste estudo é que a quantidade de lâmpadas foi dobrada para uniformizar a distribuição de luz do local, embora o consumo de energia tenha sido reduzido quase pela metade.

Anteriormente o shopping utilizava 12 tipos de lâmpadas diferentes, que gerava um elevado estoque de reposição. Hoje, existem somente dois tipos, reduzindo o investimento e a logística desse estoque.

Ventilação de primeira

Outro ponto relevante do projeto foi a ventilação. Os 125 ventiladores fixos “Furacões” de 200 Watts, utilizados nas lojas, foram substituídos por outros de 40 Watts com a mesma performance e melhor sensação de ventilação. Com a instalação de mais 32 ventiladores de alta potência nos corredores proporcionou um maior conforto aos usuários do shopping.

No telhado foram instalados 36 exaustores eólicos e 8 com acionamento fotovoltaico. Os eólicos são acionados por meio do ar quente que sobe e pressiona os exaustores para que funcionem. Os fotovoltaicos utilizam o sol como fonte de energia elétrica para movimentar um pequeno motor que succiona o ar quente de dentro do ambiente para fora.

Algumas medidas administrativas importantes contribuíram com o sucesso do projeto, como a retirada de letreiros luminosos que funcionavam 24 horas por dia. Circulares foram distribuídas orientando e restringindo o uso de equipamentos que desperdiçam energia.

Após o início das obras, o Shopping Oi não registrou mais nenhuma ocorrência de desligamento. “Passamos a época do Natal com tranqüilidade, sem nos preocupar com o aumento do número de clientes e conseqüente o consumo de energia, que foi 30% superior”, ressalta Marcílio.

Projeto sustentável

A redução de carga no shopping permitiu que seus administradores investissem na redução do uso de energia e em outros insumos como a água.

“Reformamos a parte hidráulica recentemente e, apenas, com a reutilização da água das torneiras do banheiro masculino nos mictórios já estamos economizando cerca de R$ 2 mil por mês”, explica Marcílio.

Os investimentos do Shopping Oiapoque foram de R$ 300 mil, que deverá ter retorno em dois anos.

Resumo

Casos de Sucesso: Iluminação

Shopping Oiapoque

Redução de Demanda (kW)

HP: 0      HFP: 0

Redução de Energia (kWh)

HP: 0      HFP: 1.928.400

Economia
R$ 1.340.369,45