Casos de Sucesso: Ar Condicionado

Hospital Felício Rocho

Redução de Demanda (kW)

HP: 52      HFP: 59

Redução de Energia (kWh)

HP: 110.012      HFP: 789.960

Economia R$ 510.651,49

Casos de Sucesso: Iluminação

Shopping Oiapoque

Redução de Demanda (kW)

HP: 0      HFP: 0

Redução de Energia (kWh)

HP: 0      HFP: 1.823.400

Economia R$ 1.347.843,84

Casos de Sucesso: Iluminação

Hospital Felício Rocho

Redução de Demanda (kW)

HP: 54      HFP: 80

Redução de Energia (kWh)

HP: 201.198      HFP: 1.677.585

Economia R$ 997.810,95

Casos de Sucesso: Iluminação

AeC Contact Center

Redução de Demanda (kW)

HP: 13      HFP: 13

Redução de Energia (kWh)

HP: 46.715      HFP: 637.164

Economia R$ 344.120,84

MRV entrega condomínio com painéis que geram energia

Será o primeiro empreendimento com células fotovoltaicas enquadrado no programa "Minha Casa, Minha Vida”.

O residencial, erguido no bairro Narandiba em Salvador conta com 360 apartamentos divididos em três torres e é um projeto piloto para a construtora para o sistema de compensação de energia junto às concessionárias.

A ideia consiste na instalação de células fotovoltaicas no telhado das torres que convertem energia solar em energia elétrica que é transmitida para a rede de distribuição da concessionária de energia local.

Ao final do mês, a energia gerada pelo sistema entra como saldo e é abatida da conta de luz mensal, podendo até mesmo cobrir toda a conta do condomínio.

Em um ano a previsão é que o sistema implantado no residencial consiga gerar 83.332 mil kWh o que é capaz de compensar todo consumo de energia elétrica das áreas comuns do residencial.

O sistema de compensação de energia foi criado a partir da Resolução 482 Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) em abril de 2012 que passou a regular esta modalidade de geração de energia junto à concessionarias de energia nacionais.

Fonte: Agência Ideal

Fonte: O Debate – Portal de Noticias