Casos de Sucesso: Iluminação

Shopping Oiapoque

Redução de Demanda (kW)

HP: 0      HFP: 0

Redução de Energia (kWh)

HP: 0      HFP: 2.091.600

Economia R$ 1.453.804,57

Casos de Sucesso: Iluminação

AeC Contact Center

Redução de Demanda (kW)

HP: 13      HFP: 13

Redução de Energia (kWh)

HP: 59.693      HFP: 814.176

Economia R$ 404.487,35

Casos de Sucesso: Iluminação

Hospital Felício Rocho

Redução de Demanda (kW)

HP: 54      HFP: 80

Redução de Energia (kWh)

HP: 250.532      HFP: 2.088.930

Economia R$ 1.392.542,01

Casos de Sucesso: Ar Condicionado

Hospital Felício Rocho

Redução de Demanda (kW)

HP: 52      HFP: 59

Redução de Energia (kWh)

HP: 147.694      HFP: 1.060.544

Economia R$ 780.923,39

Energia solar movimenta R$ 4,5 bilhões no Brasil

De acordo com a Absolar, Brasil deve atingir a marca de mil megawatts até o final 2017.

Projeção da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), entidade nacional que representa o segmento, calcula que o setor de energia solar fotovoltaico brasileiro deverá movimentar mais de R$ 4,5 bilhões este ano.

Segundo a associação, o Brasil alcançará mil megawatts (MW) da fonte solar fotovoltaica na matriz elétrica nacional até o final de 2017. Até janeiro deste ano, a capacidade era de 90 MW. Caso a previsão se conclua, o crescimento será de mais de 11 vezes.

Segundo estatísticas internacionais do setor, para cada megawatt instalado em um determinado ano, são gerados de 25 a 30 novos postos de trabalho qualificados. Para os cálculos da Absolar, serão então criados cerca de 20 mil novos empregos no país.

O crescimento deste ano classificará o Brasil para as 30 nações que mais investem em energia renovável, limpa e de baixo impacto ambiental por meio do sol.

Fonte: O Debate