Casos de Sucesso: Ar Condicionado

Hospital Felício Rocho

Redução de Demanda (kW)

HP: 52      HFP: 59

Redução de Energia (kWh)

HP: 147.694      HFP: 1.060.544

Economia R$ 780.923,39

Casos de Sucesso: Iluminação

Hospital Felício Rocho

Redução de Demanda (kW)

HP: 54      HFP: 80

Redução de Energia (kWh)

HP: 250.532      HFP: 2.088.930

Economia R$ 1.392.542,01

Casos de Sucesso: Iluminação

AeC Contact Center

Redução de Demanda (kW)

HP: 13      HFP: 13

Redução de Energia (kWh)

HP: 59.693      HFP: 814.176

Economia R$ 404.487,35

Casos de Sucesso: Iluminação

Shopping Oiapoque

Redução de Demanda (kW)

HP: 0      HFP: 0

Redução de Energia (kWh)

HP: 0      HFP: 2.091.600

Economia R$ 1.453.804,57

Energia limpa pode abastecer 139 países até 2050

Pesquisadores desenvolvem soluções para alcançar a meta.

Equipe de pesquisadores da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, está trabalhando para criação de planos de energia limpa para que, pelo menos, 139 países possam ser totalmente abastecidos por eletricidade gerada por fontes eólica, solar e aquática até 2050.

Foram analisados os setores de eletricidade, transporte, aquecimento e refrigeração, industriais e de agricultura/silvicultura/pesca de cada país para montagem de roteiro que descreve as mudanças de infraestrutura que devem ser feitas. Uma primeira etapa prevê alcançar 80% de energia renovável em 2030, e a segunda prevê alcançar 100% em 2050.

Os 139 países – selecionados porque são países para os quais os dados estão publicamente disponíveis por meio da Agência Internacional de Energia – emitem em conjunto mais de 99% de todo o dióxido de carbono de origem humana do planeta.

“Os formuladores de políticas geralmente não querem comprometer-se a fazer algo a menos que haja alguma ciência razoável que possa mostrar que é possível, e é isso que estamos tentando fazer. Existem outros cenários. Não estamos dizendo que há apenas uma maneira de fazer isso, mas ter um cenário dá orientação às pessoas,” disse o professor Mark Jacobson, da Universidade de Stanford, coordenador do trabalho. “Tanto os indivíduos como os governos podem liderar essa mudança.”

Fonte: O Debate